dating sites
best dating sites
free dating site
dating sites
free online dating sites
free online dating sites
dating sites free
best dating sites
free online dating
dating site

Bem Vindo, visitante! [ Cadastre-se | EntrarRSS Feed

Premium WordPress Themes - AppThemes

Dono de pit bulls maltradados em Aparecidada de Goiânia tem julgamento adiado

| Notícias | 22 de novembro de 2013

O antes e o depois de um dos pit bulls
O antes e o depois de um dos pit bulls

O antes e o depois de um dos pit bulls

Foi adiado o julgamento do dono dos cães da raça pit bull encontrados pela polícia com sinais de maus-tratos, em Aparecida de Goiânia, na Região Metropolitana da capital. O réu, Camilo Godinho Neto, não compareceu ao fórum da cidade. A audiência, que estava prevista para a tarde de quarta-feira (20) foi remarcada para 8 de janeiro do próximo ano.

A juíza responsável pelo caso, Liliam Margareth da Silva Ferreira, do 1ª Juizado Especial Criminal de Aparecida de Goiânia, explicou que: “Ele [Camilo] juntou através de advogado, um pedido de redesignação da audiência em virtude de não estar em condição de saúde de comparecer na presente audiência”. Diante disso, o Ministério Público de Goiás (MP) concordou com a definição de nova data.

Cerca de 50 pessoas ligadas a grupos de defesas dos animais protestaram na porta do Fórum de Aparecida de Goiânia, no horário marcado para a audiência. Com o adiamento da sessão, o futuro dos cães continua indefinido, o que preocupa os defensores.

Os manifestantes temem que os animais voltem para a chácara onde viviam antes de ser resgatados. Atualmente, a tutela temporária dos cães é da coordenadora do Recanto dos Pit Bulls, Meibel Veríssimo: “Tenho medo de que a juíza entenda que ele [o dono] tem condições de cuidar. Se ele quisesse cuidar, ele teria cuidado”.

Maus-tratos
Os animais foram localizados no dia 8 de março deste ano, depois que policiais resolveram apurar uma denúncia anônima de porte ilegal de armas. Chegando ao local, além de comprovarem o crime, encontraram 57 cães vivendo em situação de abandono – um deles morreu no decorrer deste período. Outros 55 galos também foram localizados na chácara. Veterinários que avaliaram os animais acreditam que eles participavam de rinhas.

Por conta da situação, o Ministério Público acabou oferecendo denúncia de maus-tratos contra Neto. Ao saber do fato, Meibel, que também é diretora do Hammã, grupo de apoio a animais abandonados, requereu e ganhou na Justiça a tutela provisória dos cães. No dia 11 de abril, ela foi até a chácara, que fica no Setor Jardim Continental, e resgatou os bichos. Antes, ela já havia encontrado um local para eles ficarem. Foi quando surgiu o Recanto dos Pit Bulls.

“Lá era um canil abandonado [no Jardim Presidente, em Goiânia]. Aluguei por R$ 2 mil mensais e conto com a ajuda dos padrinhos e voluntários para mantê-lo. Lá já tinha 40 baias para os cães. Após um mutirão, construímos as 16 que faltavam. Também arcamos com despesas de alimentação e tratamento médico”, disse Meibel. Ela afirma que a maior parte da ajuda que o grupo recebe vem de simpatizantes da causa, que aderem ao movimento pelo Facebook.

Fonte: G1

79 visualizações, 0 hoje